Dúvidas Frequentes

COMO FUNCIONA A TERAPIA?

  • A primeira consulta:

      Este é um momento onde iremos nos conhecer, você pode expor o que te levou ao meu                    consultório, tirar suas dúvidas, e eu avalio a demanda da terapia.

  • Sigilo profissional:

    Não precisa se preocupar, tudo o que você disser, ficará entre nós.

    O Código de Ética da Psicologia estabelece que tudo que for falado em ambiente terapêutico é protegido pelo sigilo profissional.

  • Tempo das sessões e duração do tratamento:

    Ingressando na terapia, as sessões ocorrerão semanalmente com duração de 45 minutos cada.

    O tempo do tratamento é individual, depende do motivo da procura e do movimento de cada um. Como sabemos, cada ser humano é único, e cada um tem um tempo e necessidades específicas, não sendo possível padronizar o mesmo tempo para todos.

    O processo de alta acontece, em sua maioria, de uma forma gradual. Os atendimentos vão diminuindo de frequência, até o desligamento total do cliente.

  • Convênios e Reembolso:

    Não atendo a convênios. Entretanto, alguns planos de saúde fornecem reembolso de consulta psicológica mediante ao recibo.

    Se for este o seu caso, posso emitir recibo para você apresentar ao seu convênio e obter o reembolso.

  • Como escolher um psicólogo?

    Dentro da Psicologia existem diversas abordagens teóricas (Ex: Terapia Cognitiva, Psicanálise, Existencial Humanista, dentre outras), e algumas pessoas ficam confusas sobre qual escolher.

    As abordagens psicoterapêuticas são diretrizes teóricas que orientam a prática do profissional, todas têm o seu valor, e cada pessoa vai se identificar mais com uma ou com outra.

    A minha dica é que você vá até o psicólogo, conheça a maneira dele de trabalhar e se utilize da confiança e afinidade que sentiu para fazer a sua escolha.

  • Psicologia e psiquiatria é a mesma coisa?

    Não é a mesma coisa, vamos entender a diferença:

    O psiquiatra cursou Medicina e tem permissão para receitar medicamentos, já o psicólogo cursou Psicologia, não pode prescrever medicamentos e seu instrumento de trabalho primordial é a palavra.

Tel: (21) 99816-0789